Show simple item record

dc.contributor.advisorRibeiro, Andrea Machado Lealpt_BR
dc.contributor.authorSchirmann, Graciele Dalisept_BR
dc.date.accessioned2021-12-21T04:28:23Zpt_BR
dc.date.issued2020pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/233210pt_BR
dc.description.abstractO presente estudo teve como objetivos desenvolver equações de predição para a variação no desempenho em frangos de corte submetidos ao estresse por calor, analisar a influência do tipo de estresse à que as aves são submetidas, e demonstrar o grau de correlação entre o balanço eletrolítico da dieta e o calor, utilizando a ferramenta de meta-análise. Foram construídas duas bases de dados independentes contendo informações de desempenho e estresse por calor em frangos de corte; a primeira referente à fase inicial de criação (1 a 21 dias) e a segunda para a fase de crescimento e terminação (após 21 dias). Para compor a base de dados da fase inicial foram utilizados 14 artigos e 7.667 animais, de estudos realizados entre os anos de 2001 e 2018. Enquanto para a base de dados após 21 dias de idade foram tabulados 74 artigos, com um total de 25.145 frangos de corte, de estudos entre 1983 e 2018. Os principais critérios para a seleção dos artigos foram: (1) experimentos usando no mínimo duas temperaturas (termoneutra e alta temperatura); (2) conter respostas de desempenho (consumo, ganho de peso e conversão alimentar); (3) alimento e água fornecidos ad libitum durante o período experimental; (4) conter características do animal (sexo, linhagem, fase de criação, idade inicial e final). Em ambas as bases de dados foram classificados dois tipos de estresse: cíclico e constante. Os modelos de predição foram validados utilizando duas bases de dados independentes das primeiras, com informações de dissertações e teses publicadas a partir de julho de 2018. Para a validação na fase inicial (1 a 21 dias) e final foram utilizadas 171 e 169 observações, respectivamente. As equações de predição foram apresentadas em porcentagem e gramas e geradas para ganho de peso de 1 a 21 dias e para consumo de ração e ganho de peso após 21 dias. O estresse por calor não influenciou o consumo de alimentos na fase inicial (1 a 21 dias), bem como a conversão alimentar em nenhuma fase de criação, não sendo possível a construção de equações de predição para estas variáveis nas respectivas fases. O estresse por calor constante mostrou-se mais deletério ao desempenho do que o cíclico em frangos após 21 dias, mas na fase inicial os tipos de estresse não se diferenciaram significativamente. A relação entre o balanço eletrolítico da dieta e o desempenho em aves em estresse pelo calor foi estudada para aves a partir dos 21 dias de idade, tendo sido observada uma baixa correlação entre estas variáveis. Conclui-se que o estresse por calor afeta de forma mais aguda os frangos de corte após 21 dias, embora a conversão alimentar não seja afetada o consumo de ração é a variável mais importante no estresse por calor e que a relação entre o balanço eletrolítico da dieta e as altas temperaturas é muito pequena ou inexistente.pt_BR
dc.description.abstractThe present study aimed to develop prediction equations for the performance variation of broilers submitted to heat stress, analyze the influence of the type of stress that the broilers are submitted and demonstrate the degree of correlation between the electrolytic balance of the diet and the heat stress, using the meta- analysis tool. Two independent databases containing information of performance and heat stress in broilers were developed; the first one refers to the initial phase (1 to 21 days) and the second one refers to the growing and finishing phase (over 21 days). In order to compose the database of the initial phase 14 articles and 7667 animals from studies performed between the years of 2001 and 2008 were used. For the database over 21 days of age it was used 74 articles between 1983 and 2018 with a total of 25145 broilers. The main criteria for the articles selection were (1) experiments using two temperatures (thermo neutral and high temperature); (2) the presence of performance responses (intake, weight gain and feed conversion); (3) food and water ad libitum during the experimental period; (4) information about the animals characteristics (sex, bloodlines, growing phase, initial and final age). Both databases were classified in two types of stress: cyclic and constant stress. The prediction models were validated using two independent databases not related to the first ones, with information of dissertations and thesis published since July, 2018. For the validation of the initial (1 to 21 days) and final phase, 171 and 169 observations were used, respectively. The prediction equations were presented in percentage and grams and it were generated for weight gain from 1 to 21 days and for ration intake and weight gain over 21 days. The heat stress did not influenced the feed intake in the initial phase (1 to 21 days), as well as the feed conversion in any of the growing phases, not being possible the construction of prediction equations for these variables in the respective phases. The constant heat stress showed to be more negative than the cyclic heat stress to the performance of broilers after 21 days of age, but in the initial phase these types of stress did not differ significantly. The relation between the electrolytic balance of the diet and the performance in broilers under heat stress was analyzed considering broilers over 21 days of age, being observed a weak correlation between these variables. It was concluded that the heat stress affects more the broilers over 21 days, although the feed conversion is not affected. The ration intake is the most important variable during the heat stress and the relation between the electrolytic balance of the diet and the high temperatures is too low or inexistent.en
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectFrango de cortept_BR
dc.subjectBroilersen
dc.subjectElectrolytic balanceen
dc.subjectStress térmicopt_BR
dc.subjectHeat stressen
dc.subjectTemperaturapt_BR
dc.subjectBalanço hídricopt_BR
dc.subjectMeta-analysisen
dc.subjectPrediction equationsen
dc.titleModelagem do desempenho em frangos de corte em estresse por calorpt_BR
dc.title.alternativePerformance modeling of broilers under heat stress en
dc.typeTesept_BR
dc.contributor.advisor-coAndretta, Inespt_BR
dc.identifier.nrb001128526pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentFaculdade de Agronomiapt_BR
dc.degree.programPrograma de Pós-Graduação em Zootecniapt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2020pt_BR
dc.degree.leveldoutoradopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record