Show simple item record

dc.contributor.advisorMocelin, Daniel Gustavopt_BR
dc.contributor.authorAngst, Ivone Teresinhapt_BR
dc.date.accessioned2014-02-19T01:51:32Zpt_BR
dc.date.issued2013pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/87446pt_BR
dc.description.abstractO presente trabalho busca analisar em que medida a mudança da matriz produtiva para a cadeia da fruticultura contribuiu para a inserção socioeconômica dos agricultores do município de Porto Vera Cruz. Para isso, procurou-se conhecer a realidade do município onde estavam inseridos estes agricultores e o que os motivou para a mudança da matriz produtiva. Também foi necessário conhecer a principal estratégia de organização dos fruticultores, a formação da cooperativa dos Pequenos Agricultores Familiares de Porto Vera Cruz (COOPOVEC) onde os agricultores se envolveram na sua organização, buscando soluções conjuntas para todo o processo da cadeia da fruticultura, tencionando políticas públicas e um maior comprometimento dos técnicos e de outros agentes públicos. O resultado deste trabalho indica que a mudança da matriz produtiva para a fruticultura operou um processo intenso e transformador para as famílias rurais que aderiram a ela, bem como promoveu mudanças na realidade do município em geral, tendo em conta que as famílias seguem atuando de maneira autônoma e associativista e a administração municipal fomenta e respalda o fortalecimento dessas ações através de políticas públicas municipais que vêm sendo elaboradas de maneira a alavancar o processo de desenvolvimento do município.pt_BR
dc.description.abstractThis work seeks to analyze the extent to which the change of the productive chain for fruitculture contributed to their socioeconomic conditions of the farmers in the municipality of Porto Vera Cruz. For this, we sought to know the reality of the city where they were inserted these farmers and what motivated them to change the productive matrix. It was also necessary to know the main strategy of organizing the fruit growers cooperative of Small Family Farmers Porto Vera Cruz through it where farmers were becoming active and involved in their own organization, seeking joint solutions to the entire process of the chair of horticulture and intending to public policy and a greater commitment of technical and other public officials. The result of this work indicates that the change of the production matrix for fruitculture operated a processor intensive process for families who adhered to it, and promoted changes in the reality of the city in general, taking into account that families continue to act autonomously and associative and municipal administration encourages and supports the strengthening of these actions by municipal public policies that have been developed in order to leverage the development process of the municipality.en
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectFruticulturapt_BR
dc.subjectFruitcultureen
dc.subjectSocioeconomic statusen
dc.subjectCooperativeen
dc.titleA cadeia da fruticultura enquanto forma de inserção socioeconômica das famílias agricultoras no município de Porto Vera Cruz/RSpt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisor-coRamos, João Daniel Dornelespt_BR
dc.identifier.nrb000906996pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentFaculdade de Ciências Econômicaspt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2013pt_BR
dc.degree.graduationTecnólogo em Planejamento e Gestão para o Desenvolvimento Rural a Distânciapt_BR
dc.degree.levelgraduaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record