Show simple item record

dc.contributor.advisorAlmeida, Lúcio Antônio Machadopt_BR
dc.contributor.authorLemos, Rogério Bueno dept_BR
dc.date.accessioned2023-01-06T05:02:16Zpt_BR
dc.date.issued2022pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/253488pt_BR
dc.description.abstractNo Município de Porto Alegre, não há negros nomeados em 740 cargos comissionados testados pela pesquisa. No total, são 833 casos. Partindo deste fato, a pesquisa aponta que há racismo estrutural na contratação de pessoas para ocuparem este tipo de cargo. O presente trabalho aponta as causas e também para uma solução no que diz respeito à falta de representatividade da comunidade negra nos cargos de chefia, gerência e assessoramento. Para tanto, utiliza-se como metodologia uma abordagem qualitativa, com pesquisa de campo, documentos e descritiva, com técnica de revisão bibliográfica, no sentido de demonstrar que existem algum grupo que estão em vantagem em relação aos negros, no que diz respeito à representatividade e acesso a determinados espaços. No início a revisão demonstra a importância do servidor para a administração pública, especialmente os cargos comissionados, que desempenham funções de direção, chefia e assessoramento. Após, indica que o fisiologismo político e o presidencialismo de coalizão são as causas de nomeação de grupos específicos que buscam se perpetuar no poder, barrando negros de ocuparem o mesmo espaço, configurando o racismo estrutural. Este, por sua vez, é tratado na sequência. Por fim o trabalho sugere, como solução para equacionar o problema, adoção de processo seletivo para nomeação de cargos comissionados.pt_BR
dc.description.abstractIn the Municipality of Porto Alegre, there are no blacks appointed in any of the 833 commissioned positions. Based on this fact, the research points out that there is structural racism hiring people to occupy this type of position. The present work points out the causes and also for a solution with regard to the lack of representation of the black community in the positions of leadership, management and advice. Therefore, a qualitative approach is used as a methodology, with field research, documents and descriptive, with a bibliographic review technique, in order to demonstrate that there are some groups that are at an advantage in relation to blacks, with regard to representativeness and access to certain spaces, and why this happens. At the beginning, the review demonstrates the importance of the server for the public administration, especially the commissioned positions, which perform functions of direction, leadership and advice. Afterwards, the research indicates that political physiologism and coalition presidentialism are the causes of the appointment of specific groups that seek to perpetuate themselves in power, barring blacks, configuring structural racism, which is conceptualized in the sequence. Finally, the work suggests as a solution to solve the problem, the adoption of a selection process for the appointment of commissioned positions.en
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectRacismo estruturalpt_BR
dc.subjectCargo de confiança : Porto Alegrept_BR
dc.titleRacismo estrutural na nomeação de cargos comissionados no município de Porto Alegrept_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.identifier.nrb001153965pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentFaculdade de Direitopt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2022pt_BR
dc.degree.graduationCiências Jurídicas e Sociaispt_BR
dc.degree.levelgraduaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record